Livros

Cair da Noite, O (Nightfall and Other Stories) – 1968, Isaac Asimov. Ed. Hemus (1981), 371 páginas.

Coletânea com 20 contos escritos entre 1941 e 1967: O Cair da Noite; Manchas Verdes; A Anfitriã; O Homem em Cultura; O Tubo da Morte; Por Uma Boa Causa; E Se...; Sally; Moscas; Ninguém Aqui, Só Nós; Um Dia Tão Belo; Fura Greve; Ponha um Pino A no Furo B; O Feiticeiro Moderno; Até a Quarta Geração; O Que é Essa Coisa Chamada Amor ?; A Máquina Que Ganhou a Guerra; Meu Filho, O Físico; Olhos Fazem Mais Que Ver; Segregacionista. Os contos Sally e Segregacionista foram publicados novamente em Nós, Robôs. Sem dúvida o ponto central do livro é o conto que dá o título, O Cair da Noite, considerado por grande número de críticos, fãs e escritores como a melhor história curta de FC já escrita. Talvez seja um exagero, mas trata-se de um belo conto – transformado em filme (Planeta Infernal/Nightfall, 1988, dir. Paul Mayersberg). A história se passa num planeta com setes sóis que deverão desaparecer e levar a escuridão e a loucura a toda a sociedade. Mas o livro apresenta mais do que apenas um conto famoso, com várias histórias interessantes sobre diversos temas. Um dos destaques é “Sally”, que apresenta uma visão pessimista dos robôs, algo incomum em IA.

O conto também foi publicado no livro O Cair da Noite, pela editora Arte e Letra (2012), em edição com 80 páginas.